sábado, 6 de setembro de 2014

PEÃO DA DAMA ISOLADO (12)

O PEÃO DAMA ISOLADO COMO DEBILIDADE NO MEIO JOGO E NO FINAL
A debilidade do Peão da Dama Isolado é mais clara sobretudo no final. O bando que luta contra ele deve tentar simplificar a posição por todos os meios e entrar no final favorável. Por isso tem que estar alerta ante as possibilidades de ataque, já mencionadas, que oferece o Peão da Dama Isolado(PDI). Sempre é bom tomar medidas preventivas contra o seu possível avanço. Como já vimos há numerosas possibilidades surpreendentes de rupturas que não se pode subestimar.
DEFESA BASEADA NO BLOQUEIO DE d5
1) Reduzindo o potencial de ataque pela troca de peças.
Este é um importante método defensivo contra o PDI. Foi usado pela primeira vez por Steinitz contra Zukertort em 1886. As partidas que seguem são exemplos modelos deste método.
O Match Steinitz vs Zukertort em 1886, foi onde Steinitz usou pela primeira vez seu método de defesa contra o PDI - Reduzir o potencial de ataque pela troca das peças.

Nesta partida entre as duas lendas do xadrez mundial, Capablanca se aproveita do erro de Lasker de trocar seu bispo de casas brancas ( uma peça chave do ataque das brancas) pelo cavalo bloqueador no lance 17.

Entre Bruzon e Anand temos um exemplo do xadrez moderno atual, onde o jogo com o PDI leva a grande complicação no meio jogo e as operações de trocas de material não são muito comuns.