segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

O ESTUDO DO CENTRO (XIII)

CENTRO DINÂMICO
Centro dinâmico, indefinido ou tensão central é o tipo de centro em que as estruturas de peões não há tomado uma forma definida. É o tipo de centro mais frequentes na prática e ao mesmo tempo a mais difícil de jogar, pois podem se converterem em qualquer tipo de centro que vimos anteriormente. Isto dificulta eleger um plano estratégico correto. Por isso, ambos os bandos devem observar com muita atenção os acontecimentos que sucedem no centro e perseguir objetivos claros. 
Abaixo vários exemplos de centro dinâmico.
 
Smyslov foi Campeão Mundial em 1957, após vencer Botvinnik. Seu estilo foi definido por ele mesmo:" Meu estilo no xadrez e minhas preferências musicais se inclinam para um ideal de perfeita beleza, de harmonia essencial, que para mim é a expressão da mais alta espiritualidade."




No Centro Dinâmico a estratégia do jogador ativo se faz na luta pelo centro. O bando ativo tenta levar a seu favor a situação nesta zona. Na maioria das vezes isto se faz com avanço de peões. Após controlar o centro, entra em ação os ataques pelos flancos. Deve-se está prevenido a todo momento para um contra ataque no centro. A estratégia do defensor é não ter pressa em definir o centro e tentar manter a tensão central. Mediante acertadas manobras, o defensor deve tentar induzir o adversário a iniciar um ataque infundado e contra atacar certo no centro.
Botvinnik nesta partida contra Alekhine transforma um centro indefinido em um centro fixo para usar toda a sua técnica e ganhar um final complexo brilhantemente.


O GM Amador Rodriguez comenta a partida acima