quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

A LUTA DO BISPO CONTRA O CAVALO (4)

QUANDO O BISPO É SUPERIOR
As oito condições mais frequentes em que o bispo é superior ou dominante : 1) Nas posições com mobilidade de peões e simplificadas, com linhas e diagonais abertas, o bispo é levemente superior ao cavalo. 2) Os bispos podem se mover e continuar a dominar um determinado ponto, enquanto que os cavalos que não podem contar com um apoio em sua ação, geralmente não servem como peça defensiva nos finais, porquanto ao serem desalojados, deixam sem apoio o peão que eles defendiam. 3) Os bispos são muito superiores nos finais de reis e peões, quando existe igual número de peões, porém desequilibrados em ambos o flancos, por exemplo: quatro contra dois na ala de dama, e um contra três na ala do rei. Nesses casos, o bispo aumenta sua ação pela possibilidade de apoio aos avanços do peão, sem comprometer sua ação defensiva. 4) Quando nos finais de peões e reis se possui um bispo, assegura-se uma notável vantagem. Uma exceção, porém, é quando existe apenas um peão no tabuleiro, pois, nesse caso, o que acontece geralmente é um empate (como já foi mencionado anteriormente). 5) Nos finais de partida de bispo e peão contra cavalo, ganha-se em quase todas as posições em que o rei inimigo esteja atrás do peão que pretende coroar-se, pois o cavalo não pode mover-se sem se descuidar da zona de avanço do peão. 6) Nos finais de bispo e peão contra cavalo, quando o referido peão é o da torre, o que ocorre geralmente é que o cavalo não consegue conter o avanço do peão, porque o cavalo precisa ser sustentado e, nessas condições, nem sempre o rei pode sustentá-lo e então o bispo pode "obrigar" o cavalo a se mover e, conseqüentemente, deixar de conter o avanço do peão. 7) O bispo sozinho contra cavalo e peão pode deter o avanço do referido peão, se este for da dama ou do rei, e o rei estiver a quatro casas de distância do peão. A causa disso é que há duas diagonais amplas para o bispo evitar o avanço. O único procedimento que existe, para o bando que tem o peão, de ganhar é obstruir a ação do bispo, interpondo o cavalo. 8) Novamente no caso de bispo contra cavalo e peão, é mais difícil para o bispo conter o avanço do peão, se este for do flanco (do bispo, do cavalo ou da torre).
Fischer no auge de sua criatividade enfrentou, em Vancouver o Grande Mestre Ucraniano Taimanov pelo match de candidatos em 1971. Fischer venceu por 6 a zero. Deste match selecionei duas partidas clássicas em que a luta do bispo contra cavalo foi simplesmente sublime. 


O GM Amador Rodriguez comenta o final da partida acima.


O GM Amador Rodriguez comenta o final da partida acima.

No match final de candidatos entre Fischer contra Petrosian, realizado em Buenos Aires em 1971, teve uma grande partida em que Fischer consegue com sua estupenda técnica, ganhar um final onde o bispo era dominante em relação ao cavalo.


O GM Amador Rodriguez comenta o final da partida acima.