sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

ATAQUE AO REI NO CENTRO

Morphy foi o melhor jogador do mundo em sua época. Morphy foi o primeiro jogador a ter uma concepção moderna de jogo. Tinha um talento natural extraordinário para jogar xadrez. Era inigualável em posições abertas e táticas.
Esta partida famosa foi jogada no camarote do Duque de Brunswick, na Ópera de Paris, durante o intervalo da ópera "O Barbeiro de Sevilha", por Paul Morphy contra o Duque Karl de Brunswick e o Conde Isouard. Produziu-se uma das jóias do xadrez combinativo, um exemplo de arremate belíssimo finalizado com xeque-mate. Sem dúvida a defesa se fez debilmente, mas o método utilizado por Morphy para vencer é um verdadeiro exemplo clássico do uso de vários temas estratégicos e táticos combinados harmonicamente para ilustrar uma verdadeira "Obra Prima". Ela mostra os temas do desenvolvimento rápido, o controle do centro, o aproveitamento de uma coluna, a cravada, o sacrifício de peças, o ataque ao rei no centro, a dupla ameaça, o mate combinado entre bispo e torre e outros.

Herbert Carvalho analisa esta clássica partida de Paul Morphy