sábado, 25 de dezembro de 2010

POR QUE ESTUDAR XADREZ ?


O xadrez é considerado um jogo que exercita e treina a mente humana, Gothe, o grande escritor alemão, falou que “o xadrez é a ginástica da inteligência”. Portanto o xadrez é na ordem intelectual, o que a ginástica é na ordem material.

Johann Wolfgang von Goethe
“o xadrez é a ginástica da inteligência”

Muitos estudos realizados em estudantes franceses, russos e ingleses, mostraram que o xadrez pode ser usado como jogo de alto poder educativo, quando mostrou melhorar o desempenho acadêmico em crianças que participavam de programa de xadrez na escola. O xadrez tem a capacidade de desenvolver o raciocínio lógico e crítico, o mesmo método de raciocínio desenvolvido para resolução de problemas matemáticos. Desenvolve a inteligência, através da habilidade de resolver problemas. Estimula a memória. Melhora a capacidade de concentração e visualização. Melhora a auto-estima, auto-expressão, auto-confiança e disciplina, através do jogo como esporte. Ele desenvolve a força de vontade e ajuda as pessoas a se tornarem mais fortes.É um meio de aproximação social e intelectual. O xadrez serve, como lazer para distrair e esquecer momentaneamente as preocupações da vida diária.


Garry Kasparov
Xadrez uma paixão que nunca acaba
O xadrez é algo mais que um jogo, tem o dom de apaixonar as pessoas e faze-las felizes. Veja o depoimento do maior jogador de xadrez da atualidade, o Grande Mestre Garry Kasparov: “eu sou um apaixonado pelo xadrez; esta paixão já dura muitos anos e é para sempre”.



Então muitos perguntarão o que é o xadrez?

Ele tem parte e características de esporte, quando os jogadores de xadrez participam de competições e disputam partidas e lutam para vencer e o resultado é importante para eles. O xadrez foi considerado esporte pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) em 1999.


É também considerado arte pelos que apreciam a beleza das combinações e da lógica das táticas, dando sentido aos momentos de lazer.


É ao mesmo tempo é também considerado ciência quando desperta o prazer da pesquisa e do estudo para resolver os problemas do jogo.


Agora passaremos a mostrar o conceito do que é o xadrez por alguns grandes jogadores da história:


Paul Morphy

Paul Morphy (1837 – 1884)

“O xadrez há de ser principalmente uma recreação e não deve praticar-se em detrimento de outras atividades mais sérias. Como um simples jogo, como um descanso do trabalho importante da vida, merece a mais alta recomendação”.


Dr. Siegbert Tarrasch

 Siegbert Tarrasch (1862 – 1934)
  “O xadrez é uma forma de produção intelectual que tem seu encanto peculiar. A produção intelectual é uma das grandes satisfação, senão a melhor, ao alcance do homem. Nós todos podemos compor uma peça musical inspirada ou construir uma ponte, entretanto, no xadrez todo mundo é intelectualmente produtivo, por conseguinte, cada pessoa que o pratica pode experimentar uma satisfação. Sempre lastimo aquelas pessoas que não tenham conhecido o xadrez. Justamente o mesmo que sinto por quem não foi embriagado pelo amor. O xadrez, como o amor, como a música, tem a virtude de fazer feliz o homem”.


 José Raul Capablanca
(1888 - 1942)
Capablanca




Mikhail Tal

 “O xadrez é algo mais que um jogo. É uma forma de diversão intelectual que tem algo de arte e muito de ciência”.

Roberto Grau (1900 – 1944)

 “Jogar xadrez não é mover as peças, da mesma maneira que, pintar não é tomar os pincéis e manchar a tela. Jogar xadrez é por em marcha o cérebro em atividade que requer e obriga um processo mental harmônico e lógico. Que mais que um jogo o xadrez é um monumento de lógica e de raciocínio”.


Ruben Fine (1914 – 1995)


“Uma partida de xadrez se assemelha a uma mulher: cada qual a subestima ou menospreza, pois nenhum é capaz de jugá-la fria e objetivamente”.


Tigran Petrosian
 



Savielly Tartakover (1887 – 1956)


David Bronstein
 

“Cometo erros... logo existo!”


“Se o erro não existisse, deveria inventar-se”.

“O xadrez existe pelos seus erros”.






Bobby Fischer
“O xadrez é a vida”.






Anatole Karpov
  
Mikhail Tal (1936 – 1992)

  “O xadrez ocupa minha vida cem por cento, mais dez”.

“Se proibissem o xadrez, provavelmente me faria contrabandista”.

 Tigran Petrosian (1929 – 1984)

 
“O xadrez é um jogo por sua forma, uma arte por seu conteúdo e uma ciência por sua dificuldade. Pois se você aprende a jogar bem, sentirá uma grande alegria”.




 
Víktor Korchnoi

 David Bronstein (1924 - 2006)

“Xadrez é imaginação”.



Bobby Fischer (1943 - 2008)

“O xadrez é a vida”.


Anatole Karpov (1951)

“O xadrez é minha vida, pois minha vida não é só o xadrez”.

Boris Spassky



“O xadrez é tudo – arte, ciência e esporte”.





Víktor Korchnoi (1931)



“O xadrez é minha vida”.

  
Mikhail Botvinnik











Boris Spassky (1937)

“Xadrez é como a vida”.





Mikhail Botvinnik

“O xadrez é a arte da análise”.



“O xadrez serve para polir e educar o espírito, cristalizar a força do caráter, eleva-lo, e ensina também a assimilar as derrotas não só do jogo, mas sim da vida, com orgulho e resignação. Ganhar uma partida é triunfar sobre o outro espírito, sobre outra idéia, portando ajuda o ser humano a conviver mais facilmente com o triunfo e a aceitar de forma dura a derrota”.