sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

ESTUDO DA TÁTICA III



OS PRINCIPAIS ELEMENTOS DE UMA COMBINAÇÃO

Ao chegar a cabo uma manobra forçada, ou seja forçar o oponente a dar a única resposta em todas ou várias variantes. É lógico que uma partida prática só uma desta variantes se dar sobre o jogo e as restantes são calculadas mentalmente.  Pois cada uma destas variantes o bando ativo cria ameaças e força réplicas definidas até que a variante chegue a ganhar alguma vantagem. Esta vantagem pode ser mate, o ganho de um material de maior valor (da dama; da torre; de um peão; etc.) ou por melhorar uma posição das próprias peças ou peões, ou piorar a posição das peças adversárias ou peões. Desde logo uma vantagem somente se obtém quando se joga uma manobra forçada correta ou combinação correta. As características que regulam a possibilidade de jogar uma manobra forçada ou combinação as chamamos de motivos. Há de encontrar um modo de obter uma vantagem, explorando para este propósito os motivos presumíveis, isto é, achar linhas concretas que conduzam a uma vantagem. Em qualquer combinação que é fundamental o sacrifício há duas linhas concretas que se compõe de duas fases. Antes de tudo por meio de um sacrifício, se realiza um pensamento definido que nós chamamos de idéia da combinação.
Estas idéias têm o objetivo a transformação dos motivos de uma maneira tal como para obter uma posição na que novos motivos sejam explorados com uma manobra forçada ou com um certo movimento para adquirir vantagem.

O SACRIFÍCIO COMO ELEMENTO PRINCIPAL DE UMA COMBINAÇÃO

Pelo trato da posição inicial  para a posição final pode haver uma série de movimentos  transformadores que mudam a idéia ou o tema combinatório. Para haver combinação tem de haver um conjunto de lances , forçados, que levam alguma vantagem, ou tenha uma  idéia ou motivo e principalmente haver o sacrifício para isto.
As principais idéias ou temas de combinação, podemos classificá-las em vários tipos. Toda a idéia ou motivo de combinação , nasce da debilidade da posição adversária.
São muitos os tipos de combinação enumeremos agora, segundo critérios de idéias ou temas:
1-Ataque Duplo
2-Ataque Descoberto
3-Cravada
4-Desvio
5-Encaminhamento
6-Intercepção
7-Eliminação da Defesa
8-Despejo do Espaço
9-Bloqueio
10-Ataque Raios X
11-Sobrecarga de Peça
12-Jogada intermediária
13-Promoção do Peão
14-Peão Passado
15-Demolição da Estrutura de Peões
16-Perseguição

Manobra Forçada



Esta posição é um exemplo de manobra forçada, mas não é uma combinação, porque nela não está inserida o sacrifício. 1.f6 g6 2.Dh6 1-0




Manobra forçada de Capablanca
Capablanca começa agora uma instrutiva manobra forçada. 1.Cc3 Tc5 2.Ce4 Tb5 3.Ced6 Tc5 4.Cb7 Tc7 5.Cbxa5 O objetivo dessa manobra era ganhar o peão de a5. O que foi realizado com uma sequêüncia de lances forçados, sem sacrifícios que na totalidade reduziu uma impressão estética. 1-0