segunda-feira, 4 de julho de 2011

MINHAS PARTIDAS SELETAS (21)


A DURA LIÇÃO DO ERRO!
MF Paulo Haro fortíssimo jogador paulista!

MF Carlos Pinto - "Aprendendo com a dura derrota!"


Haro,Paulo Cezar - Pinto,Carlos [A80]

Final do Campeonato Brasileiro
 Brasília (3), 01.2003

[Pinto,C]

1.d4 f5 jogo comumente a Defesa Holandesa em resposta a d4. 2.Ag5 Este é um dos Sistemas Anti -Leningrado e tem como finalidade usar como arma o bispo para atrapalhar o desenvolvimento normal da ala do rei das pretas: 2 ... e6 é prevenido e se 2 ...Cf6 permite 3.Axf6 desmontando a estrutura de peões das pretas numa real posição fechada. Onde o par de bispo cedido pela troca do bispo branco pelo cavalo preto em f6, mesmo dobrando os peões numa posição fechada, isto não oferece as pretas preocupação, pois dão a elas uma compensação sem problemas, por possuir o par de bispo. Na minha opinião eu tenho jogado poucas vezes esta posição e a prática tem mostrado que as brancas jogando corretamente têm melhores chances. Para evitar tal situação prefiro a moda atual da Leningrado que prepara primeiro 2...g6 e 3...Ag7, evitando a dobra de peões em caso de Axf6 num eventual 2...Cf6. Uma variante que esteve em moda a algum tempo e vem ganhando ultimamente grande parte de seu prestígio. [outras alternativas comumente usadas poderia ser : 2.Cf3 Cf6 3.g3 g6 4.Ag2 Ag7 5.0-0 0-0 6.c4 d6 7.Cc3 Cc6 8.d5 Ca5 9.Cd2 (9.Dd3 c5 10.b3 a6 11.Ab2 Tb8 12.Tae1 b5 13.Aa1 bxc4 14.bxc4 Tb4 15.Cd2 Cg4 16.a3 Tb8 17.Dc2 Ad7 18.e3 Ce5 19.Ce2 De8 20.Tb1 Aa4 21.Da2 Dd8 22.f4 Cg4 23.Axg7 Rxg7 24.Da1+ Rg8 25.Dc3 Dc7 26.e4 fxe4 27.Axe4 Cf6 28.Ad3 Ad7 29.Tfe1 Tfc8 30.Dc2 Txb1 31.Txb1 Tb8 32.Te1 Cb7 33.Cc3 Ae8 34.Cce4 Cxe4 35.Cxe4 Af7 36.Cg5 Cd8 37.f5 gxf5 38.Axf5 h6 39.Ah7+ Rh8 40.Dc3+ 1-0 Nikolac,J-Bertok,M/Jugoslavija 1969/Inf 07 (40)) 9...c5 10.Dc2 a6 (10...e5 11.b3 e4 12.Ab2 De7 13.Cd1 Ad7 14.Ac3 b6 15.f4 exf3 16.exf3 Tae8 17.Dd3 f4 18.g4 g5 19.Tc1 Df7 20.Tf2 Cb7 21.Te2 Txe2 22.Dxe2 Te8 23.Df1 Dg6 24.Cf2 Te3 25.Cd1 Palmason-Ghitescu,T/La Habana (ol) 1966/Inf 02/0-1 (46)) 11.b3 Ad7 12.Ab2 b5 13.h3 Tb8 14.Tab1 e5 15.dxe6 Axe6 16.Cd5 Axd5 17.cxd5 Tc8 18.Ac3 Dc7 19.Tfe1 b4 20.Aa1 c4 21.bxc4 Dc5 22.Tec1 Ce4 23.Axe4 Axa1 24.Txa1 fxe4 25.e3 Tfe8 26.Cxe4 Txe4 27.Dxe4 Cxc4 28.Tc2 1-0 Bozic,A-Friedgood/Nederland 1968/Inf 06 (28); 2.g3 Cf6 3.Ag2 e6 4.Cf3 d5 5.0-0 Ad6 6.c4 c6 7.b3 0-0 8.Aa3 Axa3 9.Cxa3 Cbd7 10.Dc1 De7 11.Db2 b6 12.Tac1 Ab7 13.Ce1 c5 14.dxc5 Cxc5 15.Cf3 Tfd8 16.cxd5 Axd5 Petrosian,T-Hoen,R/La Habana (ol) 1966/Inf 02/1-0 (35)] 2...g6

Preparando o fianquetto do bispo por g7 para capturar em um futuro eventual ...Cf6, Axf6. Mas alternativas como 2....d5, 2....c6 e 2....h6 podem serem jogadas perfeitamente. 3.Cd2 repetindo uma posição jogada por mim com o Autríaco Mestre Internacional Martin Neubauer dois meses mais tarde no Aberto do Brasil em Jaboatão, cuja lição desta partida com o Haro, ajudou-me a enfrentar o fortíssimo Mestre Internacional Austríaco e ganhar o Aberto do Brasil de Jaboatão. [3.Cc3 Ag7=] 3...Ag7 o Sistema Leningrado se caracteriza , fianquetando o Ag7. [3...h6 (4.Ah4 g5 5.e3 (5.e4 é uma estranha tentativa que se tem de conhecer a fundo.) 5...Cf6 6.Ag3 (6.Ae2 d6 7.Ah5+ Rd7 8.Ag3 e6=/+) 6...e6) 4.Af4 Cf6 5.e3 d6 6.Df3 g5 7.Ag3 e6=] 4.e4=/+ não era a opção melhor. [>=4.Cgf3!?=] 4...fxe4= também não era a resposta melhor. [>=4...Axd4 deixei passar a melhor alternativa que dariam as pretas um melhor jogo. A) 5.exf5 Axb2 6.fxg6 Axa1 7.Dxa1 Cf6=/+; B) 5.Tb1 h6 6.Ah4 g5 7.c3 (7.Dh5+ Rf8 8.Cb3 Ag7 9.Ag3 Cf6-+) ; C) 5.c3 Af6 6.Ae3=/+] 5.Cxe4 d5 6.Cc5 b6 7.Cb3 Cf6

Até agora os lances foram corretos de acordo com o caracter da posição e a igualdade está mantida, apesar do peão retrassado de e7, a posição do cavalo branco em b3, também é ruim e as pretas podem fazer o pequeno roque e melhorar o desenvolvimento. 8.Ae2 [8.Ad3 0-0=] 8...0-0 [8...Ce4 9.Ah4=; 8...a5 9.Cf3 a4 10.Cbd2 0-0 11.Ce5 Dd6=] 9.Cf3 Ce4 10.Ae3 [10.Ah4 a5=] 10...c5 [o lance 10...Cc6 tem o mesmo valor do jogado na partida, porém teria desenvolvido mais rapidamente outra peça controlando a casa central e5 e a qualquer momento poderia abrir o centro com e7-e5. 11.0-0 Dd6 12.Cfd2 Cxd2 13.Dxd2=] 11.c3 [11.dxc5 Axb2 12.0-0 Cc3-+] 11...a5 ainda não sei se era a alternativa mais chegada ao meu estilo. Outras alternativas deve-se considerar: [11...Aa6 12.0-0 (12.Axa6 Cxa6 13.De2 Dc8 14.0-0=) 12...Axe2 13.Dxe2+/=; 11...cxd4 12.cxd4 Cc6 13.Tc1 Dd6 14.0-0 Ag4=; 11...Cd7 12.Ab5 Tb8 13.0-0 c4 14.Cbd2 Cd6 15.Axd7 Dxd7 16.Te1 Cf7 17.Af4 Tb7 18.Ae5 Cxe5 19.Cxe5 Df5=] 12.a3= [12.Cbd2 cxd4 13.Axd4 Cf6+/=] 12...a4+/= [era melhor desenvolver com 12...Cd7 13.dxc5 Cdxc5 14.0-0=] 13.Cbd2
Momento de definição do centro e trocas de peões já vimos ser crucial na manutenção do plano (Método Dorfman). 13...cxd4 parece ser o melhor caminho 14.cxd4 Cc6 15.0-0= o equilíbrio está alcançado. [15.Cxe4 dxe4 16.Tc1 exf3 17.Axf3 Ab7 18.Axc6 Axc6 19.Txc6 Dd5 20.Txb6 Dxg2=] 15...Cd6 este lance deixa escapar uma simplificação de peças com plena igualdade. Veja: [15...Cxd2 16.Dxd2 Ca5 17.Tae1 Cb3 18.Db4 Dd6!= 19.Dxd6 exd6 20.Ag5-/+] 16.Tc1 De8+/= neste momento parece não haver bons lances para as pretas, mas também não há muito que esperar por parte das brancas, para tirarem qualquer proveito disto. [16...Ab7 17.Cb1=; 16...Ad7? 17.Cb1 Cc4 18.Axc4 dxc4 19.Txc4 Ca5 20.Tc3 Cb3 21.Ce5 Ta5+/-] 17.b4?! um lance totalmente inesperado e ao mesmo tempo duvidoso. 17...Ca7?+/= "... para trás mija a burra..."- termo chulo mas bem apropriado para o plano escolhido por mim. Deixo de aproveitar de igualar a posição com o lance do texto, mas achei que jogar pela casa b5 com os cavalos talvez fosse melhor, mas foi errado esta decisão, era melhor lutar pela diagonal com 17...Aa6 ou com melhores opções com 17....e6. [17...Aa6 18.Axa6 Txa6 19.De2=; 17...e6 18.Ad3 Ad7 19.De2 Cf5-/+] 18.Cb1

18.Ce5! Cab5 19.Cb1 Cf5 20.Axb5 Dxb5 21.Cc3+/=] 18...Ad7?+/= esta jogada não é coerente com o plano tomado na jogada anterior, quando joguei 17...Ca7. O correto aqui seria 18...Cab5 e se 19.Ce5 haveria um equilíbrio na posição. 19.Ce5 um bom posto para o cavalo! Agora as brancas estão melhores 19...Ab5 20.Cc3 o branco toma a iniciativa da partida. 20...Axe2 [20...e6 21.Axb5 Caxb5 22.Cxb5 Dxb5 23.Dg4=] 21.Dxe2 e6 na partida ainda existe um equilíbrio, mas os cavalos brancos se agruparam de forma melhor. A coluna "c" já pronta para ser explorada pela torre em c1. 22.Ag5 Cab5+/= Una jogada sensata [22...Tc8 23.Tfe1=] 23.Cxb5 o cavalo se sente bem em b5. 23...Cxb5 24.Dd3 Tf5?+/- agora com este erro as brancas ditam o jogo com manobras decisivas [manteriam-se no jogo as pretas se jogassem >=24...Cd6 25.Tc7+/=] 25.Cc6 Cxd4 [‹25...Txg5 26.Dxb5 Df7 27.f4 Tf5 28.Dxb6 Txf4+/-] 26.Ce7+ [26.Cxd4? Txg5 27.f4 Th5=] 26...Rh8 27.Cxf5 gxf5 [27...exf5 28.Tfe1 Db5 29.De3+-] 28.Ae3 Cb5?+- a fixação pela casa b5, foi minha ruína neste jogo, pois havia melhores planos para as pretas que não souberam explorar suas melhores chances na partida.Esta lição ficará guardada na memória para que não se repita o erro conceitual que tive, principalmente no momento crítico da escolha do lance 18...Ad7? Agora não há mais remédio para a minha posição. As brancas realizarão com lances naturais e claro a vantagem decisiva obtida até aqui. [28...Db5!? 29.Tcd1 Ce2+ 30.Rh1 Cc3+/-] 29.Axb6 Ab2 [29...Tb8 30.Ac7 Tb7 31.Ag3+-] 30.Tc2 Axa3 [30...Ag7 31.Tfc1+-] 31.Tc5 Ab2 32.Txb5 a3 [32...Rg8 não adianta 33.Ta5 Ag7 34.Te1 Txa5 35.bxa5+-] 33.Ta5 [>=33.Ad4+!? parece bastante fácil 33...Axd4 34.Dxd4+ Rg8+-] 33...Txa5 34.bxa5 [34.bxa5 Da4 35.Dd2+-; 34.Axa5?! a2+/=] 1-0