quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

MINHAS PARTIDAS SELETAS (11)

DESTRUINDO O CASTELO DO REI
MF Carlos Pinto
 
MF Luismar de Brito


Pinto,Carlos - Brito,Luismar [A56]

I Magistral de Recife, 30.03.2009

[Pinto, C]

Hotel Jangadeiro
Visão Aérea de Boa Viagem - Recife - PE

Praia de Boa Viagem - Recife - PE
GAMBITO BENKO

Esta partida aconteceu no salão de eventos do hotel Jangadeiro, na bonita praia de Boa Viagem, Recife -PE, pelo I Torneio Magistral de Recife. O meu adversário não é nada menos que o lendário enxadrista paraibano e Mestre FIDE Luismar de Brito. Luismar já um veterano em competições e também portador de várias normas de MI. Teve uma grande participação ao jogar em 1980 o famoso Torneio de Hastings na Inglaterra. Tendo inclusive grandes vitórias sobre o GM Lev Alburt e o também GM Jonathan Speelman. Já conhecido de embates anteriores, Luismar é um adversário muito difícil de se bater. Por isso esta minha vitória contra ele, com certeza foi de grande valor e satisfação para mim. 1.d4 Cf6 2.c4 c5 3.d5 g6 4.Cc3 d6 5.e4 b5 Diagrama

Este lance caracteriza o interessante Gambito Benko - uma arma intrigante contra 1.d4. Sua idéia estratégica baseia-se no sacrifício posicional do peão b5, na intenção de ter compensações tais como:
1) Vantagem de desenvolvimento das peças pretas e com isso ganhar iniciativa.
2) A vulnerabilidade dos peões brancos sobre "a2" e "b2" no qual devem ser atacados ao longo das colunas "a" e " b" e ao longo das diagonais h8-a1 e g8-a2.
3) A dificuldade das brancas em desenvolver está na pressão ao longo da diagonal a6-f1, desencorajando o lance e4 das brancas e a inevitável pressão contra o peão b2 no qual escraviza o Bc1.

6.cxb5 a6 7.Cf3 Cbd7 8.bxa6 o Gambito foi totalmente aceito. [8.Ag5; 8.a4 Ag7 9.h3 0-0 10.Ag5 Da5 11.Cd2 axb5 12.Axb5 Aa6 13.0-0 Axb5 14.Cxb5 Tfb8 15.Cc4 Db4 16.Dc2 Cb6 17.b3 Cxc4 18.bxc4 Da5 19.Ad2 Dd8 20.Ac3 Cd7 21.a5 Ta6 22.Axg7 Rxg7 Beaumont,D-Kalisch,T/Melbourne 2001/EXT 2002/1-0 (50)] 8...Da5 9.Ad2 [9.Cd2 Axa6 10.Axa6 Dxa6 11.De2 Db7 12.b3 Ag7 13.Ab2 0-0 14.0-0 Cb6 15.Cc4 Cxc4 16.Dxc4 Db4 17.Dxb4 cxb4 18.Ca4 Cxe4 19.Axg7 Rxg7 20.Tfe1 Cc5 21.Cxc5 dxc5 22.Tac1 Tfd8 1/2-1/2 Bellers,F-Scholz,P/Oelde 1994/EXT 2002] 9...Axa6 10.Axa6 Dxa6 se retiramos as peças do jogo neste momento a estrutura típica de peões mais frequente e mais importante que se encontra jogando contra o Gambito Benko é exatamente esta. 11.De2 um lance que visa propor as trocas das damas, já querendo fazer uso da vantagem do peão extra e também permitir no caso das pretas recusarem as trocas, as brancas realizarem o pequeno roque e acelerarem seu desenvolvimento. 11...Db7 [11...Ag7 12.a4+/-] 12.0-0!? Ag7 [12...Dxb2?? 13.Tfb1 Da3 14.Cb5+- ganhando!] 13.Tab1 0-0 14.Ag5 Tfb8 15.Cd2 Diagrama

Neste momento as Brancas têm uma pequena vantagem: tem o peão extra defendido; domínio da diagonal a6-f1 pela dama e a cavalaria branca começa a manobrar para se colocar na casa chave c4. [15.h3 Da6 16.Dc2 Tb7+/-] 15...Cb6 evitando cavalo c4 e preparando o eventual ataque aos peões a2 e b2. 16.h3 prevenir um salto futuro e preparar um eventual avanço g4. Também permitir um escape para o rei em frequentes casos de temas táticos de fraqueza na oitava fila. 16...h6 17.Ae3 Cfd7!? a manobra do cavalo do rei das pretas geralmente se faz por duas vias:1) Cf6 - g4 - e5 - c4 o fluxo desta via esta impedido. 2) Cf6 - e8 - c7 - b5 esta seria a via mais indicada para a manobra. Agora é interessante a via Cfd7, vamos ver no que vai dar. 18.Dg4?! perco a vantagem que tinha; a razão deste lance, talvez fosse o desejo de passar a dama e tentar um ataque direto ao rei, mas a posição não pedia isso agora. Deveria conter esse impulso assassino dentro de mim. [o melhor era >=18.Tfc1 Da6+/= mantendo a pequena vantagem.] 18...h5!?= [18...Ce5 19.Dh4 h5 20.Ag5 Cbc4= com igualdade] 19.Dg3 Ca4 as pretas ameaçam ganhar material com o simples Ca4c3. 20.Ag5 com este lance defendo e ataco e ao mesmo  tempo ameaço ganhar material com Bg5xe7 20...Cdb6 mantenho uma posição ativa. [20...Cxb2 21.Axe7 Db4 22.Tfc1=] 21.Cd1 c4 22.Ae3 Da6 23.Cf3 [23.f4!? merece consideração 23...Cxb2 24.Cxb2+/- (‹24.Txb2 Axb2 25.Cxb2 c3=) ] 23...Cd7= b2 se converte em alvo claro 24.Ad4 Cac5?! permitir as trocas dos bispos de casas pretas é um grave erro na estratégia do Gambito Benko - o bispo preto de g7 é a peça mais importante das pretas, com o agravante de deixar o Rei preto inseguro. [era melhor >=24...Cxb2 25.Txb2 Txb2 26.Cxb2 c3=] 25.Axg7 Rxg7 o Rei agora corre perigo! aquela minha obsessão que falei no lance 18. Agora mais do que nunca a adrenalina está no pico! Sinto o gosto de sangue na boca! Sou neste momento um predador em busca de sua presa! 26.Cg5 um lance de puro instinto. Apesar de não ser o melhor. [>=26.Cc3!?+/= o mais calmo para manter a pequena vantagem] 26...Dxa2-/+ pronto perco a vantagem e o meu adversário está claramente melhor. Tudo por não controlar meus nervos! 27.Ce3? tudo pelo ataque! [o melhor seria >=27.Cc3 Da7 28.Rh2=/+ com pequena vantagem das pretas.] 27...Txb2?? Diagrama

Há sempre um pecado capital para cometer o ser humano, neste caso a Gula evita as pretas de jogarem o lance que praticamente levariam a vitória! [parece simples >=27...Tb3-/+ ] Agora bichinho, não tem perdão! 28.Cf5++- Rg8?? as pretas estão perdidas de todas as formas. [28...Rf8 29.Dc3 Ce5 30.Txb2 Da7+-] 29.Cxe7+ Rf8 Diagrama

[29...Rg7 de qualquer forma, não se pode fazer outra coisa 30.Dc3+ Ce5 31.Txb2 Da7+-] 30.Cxg6+! o castelo do Rei é totalmente destruído. 30...fxg6 31.Dxd6+ Re8 32.Dxg6+ Rd8 33.Txb2 Dxb2 34.Dg8+ Rc7 [34...Re7 35.Dxa8 Dd4 36.Dg8+-] 35.Dxa8 e Luismar abandona! [35.Dxa8 Db7 36.Dh8+-] 1-0