terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

ATAQUE AO PEQUENO ROQUE VI

PRINCÍPIOS ESTRATÉGICOS PARA O ATAQUE 
1. Vantagem de espaço no centro do tabuleiro.
2. Possuir um peão em e5 contra um em e6 (ou e4 contra e3 no caso das pretas) adversário, é uma das posições típicas de ataque ao roque. O peão de e5 elimina a peça de defesa principal do roque que é o cavalo em f6.
3. A existência do bispo do rei na diagonal b1-h7 para as brancas ou b8-h2 para pretas.
4. Controle da coluna aberta sobre o roque adversário.
5. Colocação de torres na terceira linha; para o ataque por meio de peças, quando os peões do atacante estão imóveis na segunda fila.
6. O domínio das casa f6,g6 e h6 (f3,g3 e h3) assegura o êxito de qualquer ataque.
7. Vantagem de material(peças) e de desenvolvimento na zona de combate. 
Fischer era um jogador agressivo que conhecia todos os segredos do ataque ao pequeno roque como veremos na partida contra Uzi Geller.