terça-feira, 27 de setembro de 2011

MINHAS PARTIDAS SELETAS (24)

ATAQUE DIRETO AO REI 

MF Carlos Pinto enfrenta o forte enxadrista Potiguar,
Dr.Simplício Maia


Pinto,Carlos - Maia,Simplício [B06]

Regional Nordeste - Macaíba - RN (4), 23.09.2006

[Pinto,C]



Esta partida foi uma das melhores que eu joguei no Nordestão - Macaíba -RN, gosto muito pela ideia do ataque ao roque do rei preto, que de uma hora para outra fica em uma posição de insegurança que aproveito através da manobra da torre da dama passando por a3-g3 colocando-a rapidamente em um ataque arrasador. 1.e4 g6 surpresa para mim, pois o Dr. Simplício escolheu a Defesa Moderna.Ele com frequência joga a Defesa Siciliana - Variante do Dragão, sua preferida contra 1.e4. 2.d4 Ag7 3.Cf3 c5
Com este lance começa cedo o contra-ataque ao centro branco, para valer a força do bispo em g7. e por transferência entrar em um esquema Siciliano, por transposição de jogadas. Leva também a uma complicada posição que analisaremos com detalhes cada linha derivadas das várias opções. 4.d5N um lance muito original ao que realmente a teoria mostra.O que motivou este lance foi não querer entrar em posições oriundas das ideias da Defesa Siciliana nem da Defesa Indo-Benoni, por transposição de lances, que seria ao gosto do meu adversário. As mais freqüêntes variantes são: [4.dxc5 Da5+ (5.c3 Dxc5 6.Ad3 Cf6 7.Ae3 Dh5(7...Dc7 8.Ca3+/-) ) 5.Cbd2 Dxc5 6.Ad3 Cf6 7.Cb3 Dc7+/=; 4.Cc3 (4...d6 5.Ab5+ Ad7 (5...Cd7 6.dxc5 dxc5 7.0-0+/-) 6.Axd7+ Cxd7 7.0-0 cxd4 8.Cxd4) 4...cxd4 5.Cxd4 Cc6 6.Ae3 Ch6 7.Cxc6 bxc6 8.f3 Da5+/-; 4.Ae3 (4...Cf6 5.Cc3 (5.Ad3 cxd4 6.Cxd4 0-0=) 5...Cg4 6.Ag5 Da5 7.Dd2+/=) 4...cxd4 5.Axd4 Axd4 6.Dxd4 (6.Cxd4 Cf6 7.Cc3+/-) ; 4.Ae2 (4...Da5+ 5.Cc3 (5.Ad2 Dc7 6.c3+/=) 5...Cc6 6.Ae3 cxd4 7.Cxd4+/-) 4...cxd4 5.Cxd4 Cf6 6.Cc3 d6 7.0-0 Cc6 8.Ae3+/-] 4...d6 a estrutura dos peões centrais do branco permitem agora me desfazer do meu bispo de casas brancas que no momento seria um bispo mau e acompanhando o pensamento do Sistema Anti-Siciliano do qual gosto muito. 5.Ab5+ Ad7 [5...Cd7 6.0-0 a6 7.Ad3=] 6.Axd7+ Cxd7 7.0-0 Cgf6= [talvez a ideia de 7...b5<=> com contra jogo na ala da dama fosse mais coerente como aconteceu na partida que indicamos na sequência, 8.a4 b4 9.a5 Cgf6 10.Cbd2 0-0 11.Te1 Dc8 12.De2 Te8 13.Cc4 Da6 14.Af4 Ch5 15.Ad2 Tad8 16.Tad1 Cf8 17.Cg5 Db7 18.a6 Dc8 19.c3 h6 20.Ch3 e6 21.dxe6 Cxe6 22.cxb4 Wells,P-Gdanski,J/Germany 1999/EXT 2000/0-1 (32)] 8.Te1 Cg4!? um lance interessante para dominar a casa e5. [outra opção seria o 8...0-0 9.Cc3 a6 10.a4 b6 11.h3 Dc7 12.Af4 Db7 13.Dd2 Tfe8 14.Tad1 b5 15.e5 b4 16.Ce4 Cxe4 17.Txe4 dxe5 18.Cxe5 Cf6 19.Tc4 Tad8 20.De3 Txd5 21.Txd5 Cxd5 22.Df3 e6 23.Cd3 Garcia,R-Hoffman,A/Buenos Aires 1998/CBM 64 ext/0-1 (47); 8...Db6 9.a4=] 9.Cbd2 [9.h3 Cge5+/=] 9...0-0 10.h3 Cge5 11.a4!? evitar o lance b5 das pretas parece bom para o plano branco. [11.Cxe5 Cxe5 12.Cf1 h6=] 11...Da5 digo que este lance apesar de ser um lance natural para as pretas, inspirou-me a ideia da manobra do ataque com a passagem da torre por a3, como veremos mais adiante. [11...c4 12.a5=] 12.Cxe5+/= Cxe5 13.f4 Cd7 14.Ta3!? [14.Cb3 Dc7=]14...Dc7!~~ a dama em c7 é mais segura e defende possíveis ameaças do branco pelo centro. Podemos dizer que agora a posição é menos clara. [14...c4 15.Cxc4 Db4 16.Ce3=] 15.Cf3 as brancas preparam o avanço e5 e apesar da aparente igualdade as brancas já têm a iniciativa e um forte potencial de ataque pela ala do rei e centro. [15.c4 e6+/=] 15...Tab8 buscando um contra jogo com b5 [o avanço de 15...c4 daria mais opções de contra ataque na ala da dama para as pretas e 16.De2= manteria a igualdade, mas outros planos de jogo, caracterizaria uma outra partida.] 16.c4 este lance reforça o controle branco da casa b5 e evita o possível avanço do peão preto à casa c4. 16...b6 [16...Db6 17.b3+/=] 17.De2 as brancas ameaçam romper pelo centro através de e5. [17.f5 Ce5+/=] 17...Tbd8com este lance as pretas fazem a opção de esperar os acontecimentos, sem um debilidade em sua estrutura, mas passivo. Isto é fatal principalmente para um jogador de caracteristicas e estilo agressivo como é o Dr. Simplício Maia. [17...e6 18.f5+/=] 18.e5 tentando ganhar espaço com seu avanço de peão para e5. As brancas começas a provocar poderosas ameaças. 18...Tfe8 [seria muito melhor com a outra torre >=18...Tde8!?+/- ] 19.e6+-

Este lance é um golpe que usando a terminologia do boxe seria um "soco na ponta do queixo" deixando obnubilado o adversário. 19...Cf8 [19...fxe6 20.Dxe6+ (20...Rf8 21.Cg5 Ad4+ 22.Rh1 (22.Rh2 Ce5 23.fxe5 Axe5+ 24.Txe5 Rg7 25.Df7+ Rh8 26.Dxh7#) 22...Ce5 23.Txe5 Rg7 24.Df7+ Rh8 25.Dxh7#
) 20...Rh8 21.Cg5 Ad4+ (21...Cf8?? 22.Cf7+ Rg8 23.Ch6+ Rh8 24.Dg8#
22.Ae3 Tc8 (23.Df7 Cf8 24.Axd4+ cxd4 25.f5 e5 (25...e6 26.fxe6 De7 27.Df4 Rg8 28.Cf7 Cd7 29.Cxd6 Df6 30.Dxf6 Cxf6 31.Td3+-) 26.fxe6 Te7 27.Df6+ Rg8 28.Tf3+-) 23.Axd4+ cxd4 24.Df7 Cf8 25.f5+-] 20.exf7+ Rxf7 21.Cg5+ Rg8 22.f5 Dd7 [22...gxf5 23.Tg3 e5 24.dxe6 Ad4+ 25.Rh1+-; 22...Ad4+ 23.Rh1 Dd7 24.fxg6 hxg6 25.Ce6 Cxe6 26.dxe6 Dc6 27.Tg3 Ag7 28.Dg4+- e um ataque de mate é imparável.] 23.fxg6+-

A posição das brancas guarda vários elementos para um ataque decisivo com pleno êxito pelos seguintes fatores: 1) A insegurança do rei preto é patente. 2)A casa e6 é um fraqueza que por se só já seria posicionalmente decisivo. 3)Há um desequilíbrio de forças entre o ataque branco e a defesa preta, ou seja, há mais peças brancas contra o roque preto do que peça de defesa por parte das pretas. Apesar destes fatores mesmo assim é preciso trabalhar a vitória com paciência e evitar erros que possam deixar escapar a posição ganhadora. 23...hxg6 [23...Cxg6 24.Ce6 Tc8 25.Tf1 Tb8 26.Dh5+-] 24.Ce6 Cxe6 [24...Ad4+ 25.Rh1+-] 25.dxe6[25.Dxe6+?! Dxe6 26.Txe6 Ad4+ 27.Rh1 Rg7+/=] 25...Db7?? as pretas se desesperam diante de uma posição medonha. [não mudaria nada o lance >=25...Dc6 26.Tg3 Tf8 27.Txg6 Tf6 28.Txf6 exf6+-] 26.Tg3 Ad4+ [26...Tf8 um último reforço para resistir o inevitável. 27.Txg6 Tf6+-] 27.Rh1 Rh7 [27...Tf8 28.Txg6+ Ag7 29.Txg7+ Rxg7 30.Dg4+ Rh8 31.Dh5+ Rg8 32.Ah6 Tf1+ 33.Txf1 Dxg2+ 34.Rxg2 Rh7 35.Af8+ Rg8 36.Axe7 Td7 37.Df7+ Rh8 38.Af6#

28.Dg4 Tg8 29.Dh4+ e as pretas abandonam frente ao inevitável mate. [29.Dh4+ Rg7 30.Dh6+ (30.Ah6+ Rh8 31.Af8#

30...Rf6 31.Df4+ Rg7 32.Txg6+ Rxg6 33.Df7#
1-0