domingo, 24 de abril de 2011

MINHAS PARTIDAS SELETAS (18)

PRIMEIRA LIÇÃO MAGISTRAL
MF Carlos Pinto Contra o MF Marco Asfora

Pinto,Carlos - Asfora,Marco [A38]
 I Copa Latino Americana Recife - PE, 1991
[Pinto,C]

Pela primeira vez tenho a oportunidade de jogar um torneio de nível internacional - "I Copa Latino Americana" na cidade do Recife, em um luxuoso hotel cinco estrelas, chamado " Hotel Beira Mar". Fazia tempo que a região nordeste carecia de eventos de grande porte, já que no passado o nordeste do Brasil detinha a hegemonia do xadrez nacional e agora mostrava-se em franca decadência, um evento desta magnitude tentava resgatar o xadrez nordestino. Deste torneio guardo na memória a fisionomia do "saudoso" doutor Luiz Tavares, baluarte do xadrez nacional e também da presença de vários grandes mestres como: Gilberto Milos, Jaime Sunye, Daniel Campora, Alonso Zapata, Giovanni Vescovi(12 anos) e Rafael Leitão ainda crianças e grandes promessas do xadrez nacional. Além de muitos outros titulados e de 95 participantes. Na primeira rodada tenho pela frente o forte enxadrista pernambucano, mestre FIDE, inclusive fez um grande torneio finalizando em sétimo lugar. Seria meu primeiro confronto com um mestre, veja a partida: 1.Cf3 Cf6 2.g3 c5 3.Ag2 Cc6 4.c4 g6 5.Cc3 Ag7 6.b3 Um lance fora da teoria, logo no sexto movimento, parece ser interessante, pois quando jogava blizt eu o usava com bastante frequência com a ideia de fianquetar o bispo da dama branco e fazer uma estrutura de "bispos zarolhos", sempre com bons resultados. 6...0-0 7.0-0 e5 8.e4 d6 9.h3 um lance profilático, evitando uma desagradável cravada do cavalo em f3 pelo bispo preto em g4. 9...Ce8 o centro está fechado e as pretas reposiciona o cavalo em e8 para atuar pelo flanco rei com f5. 10.Cd5 uma casa ideal para o cavalo branco. 10...Ae6 11.d3 a6 o plano das pretas fica agora menos claro, pois também ameaçam uma investida pelo flanco dama preparando o avanço b4. 12.Ag5 f6 13.Ae3 b5 14.Dd2 Tb8 agora as pretas definiram o seu plano de atuação no flanco dama e as brancas ao perceberem preparam suas ações no flanco rei. 15.Tab1 um lance desproposital, que demonstra sua dúvida em relação a tomar medidas enérgicas no flanco do rei. Até agora minha estratégica é evitar a realização do plano preto, sem adquirir uma iniciativa própria ou independente. 15...Tf7 16.Ch4 Axd5 a troca do bispo de casas brancas das pretas pelo cavalo em d5, faz enfraquecer as casas brancas das pretas e aumentar o espaço de ação das brancas. [>=16...Dd7!?=/+] 17.cxd5 Cd4 em compensação o cavalo preto está bem postado. 18.f4 tento mostrar um contra-jogo no flanco rei, pois estou muito passivo, enquanto as pretas avançam no flanco dama, não posso ficar parado sem iniciativa, abrir a coluna "f" deverá me mostrar um caminho mais efetivo. [18.Tbc1 b4=] 18...Tc8 [>=18...exf4!? deveria ser investigado mais detalhadamente 19.Axd4 cxd4 20.gxf4 f5=] 19.fxe5= [>=19.f5!? g5 20.Cf3 De7 21.Tfc1 Cc7 22.b4 Cxf3+ 23.Axf3 cxb4 24.Txb4+/-] 19...dxe5 20.Cf3 Cd6 21.Tbc1 b4 as pretas ganham espaço e criam um posto avançado em c3 numa eventual abertura ou não da coluna "c". 22.h4 Tf8 23.Ah3 Tc7 24.Cxd4?! [>=24.Axd4 exd4 25.Ae6+ Rh8 26.Df4+/-] 24...cxd4 pretas tomam ganhando tempo, ameaçando o bispo, além de ganhar espaço no campo adversário na ala da dama. 25.Ah6=/+ [25.Af2 Tc3=] 25...Tc3

Uma bonita casa onde a torre fica praticamente pregada em c3, dando o caminho para estratégica das pretas pela coluna "c". Neste momento as pretas estão algo melhor. 26.Ae6+ as brancas encontram um casa forte para colocar seu bispo de casas brancas, tentando restringir a ação das peças pretas. 26...Rh8 27.h5 Axh6 [27...gxh5 28.Axg7+ Rxg7 29.a3=/+] 28.Dxh6 g5 deixa momentaneamente minha dama com pouca ação, mas ainda muito perigosa no caso de direcionar, as brancas suas torres para atuarem pela coluna "f". [28...Txd3?? perde devido a 29.Tc7! um soco na ponta do queixo 29...Cf7 30.Axf7+-] 29.Tcd1 evita as trocas de torres em c1, reposicionando para atuarem pela coluna "f". Agora as brancas estão mais perigosas e as pretas vão tentar as trocas de damas para aliviar a pressão sobre o rei. 29...De7 30.Tf2 Dg7 31.Dxg7+ Rxg7

Após as trocas das damas, vamos fazer uma avaliação estratégica da posição. Tanto o rei preto como o monarca branco estão relativamente seguros; As pretas dominam a coluna aberta "c" através da torre em c3, mas as brancas compensam com o domínio da coluna semi-aberta "f", inclusive fazendo pressão sobre o peão retrasado em f6, quando o dispositivo branco fizerem a dobra das torres da seguinte forma: Tf3 e Tf1; A estrutura de peões das pretas é pior por possuírem uma fraqueza em f6 e as brancas têm um peão passado em d5; O centro está bloqueado; As pretas possuem um cavalo bom e as brancas um bispo mau. No balanço geral podemos dizer que há um equilíbrio dinâmico neste momento. 32.g4 h6 33.Rg2 Cb5 34.Ad7 Cd6 as pretas evitam a troca de peças, principalmente do seu cavalo que bloqueia a casa d6 no melhor estilo Nimzovitsch. 35.Ac6 Tf7 36.Tdd2 Tf8 37.Tf1 Rf7 38.Tdf2 [38.Tf3 Re7=] 38...Re7= [38...f5!?=/+] 39.Tf3 Th8??(+) no apuro de tempo as pretas cometem um erro decisivo. [>=39...a5= era uma boa chance para salvar o jogo.] 40.T1f2??= não aproveitando a chance dada pelo meu adversário. [>=40.Txf6 deveria ter dado as brancas a vitória 40...Tc2+ 41.Rg3+-] 40...Tf8 41.Aa4 Tfc8??+- uma sequência de erros de ambos os lados, novamente tenho a vantagem decisiva. [>=41...Cb7[]=] 42.Ac6= [42.Txf6 Cb5 43.Te6+ Rd8 44.Tf8+ Rc7 45.Tf7+ Rb8 46.Tb6+ Ra8 47.Txa6+ Rb8 48.Tb6+ Ra8 49.Axb5+-] 42...Tc7??+- [>=42...Tf8[]=] 43.Rg1??+/= [>=43.Txf6 as brancas poderiam levar para casa o ponto 43...T7xc6 44.dxc6 Txc6 45.Txh6+-] 43...f5 44.gxf5 [>=44.exf5!? Rf6 45.Rg2=] 44...Rf6+/= [>=44...g4 45.Tg3 Cxe4 46.d6+ Cxd6-/+] 45.Rg2 g4 46.Tg3 Rg5 47.f6 [>=47.Rh2!?=] 47...Tf7= [>=47...Rxh5!? 48.Ae8+ Rh4-/+ (‹48...Cxe8 49.f7 Txf7 50.Txf7=) ] 48.Rh2 Rxh5 [48...Txf6 49.Txg4+ Rxg4 50.Txf6 Tc2+ 51.Rg1+-] 49.Tfg2 Txf6 50.Ad7 Rg6 51.Txg4+= [51.Axg4!? Tf4 52.Ae2+ Rf7 53.Th3+/-] 51...Rf7 52.Tg7+ Rf8 53.Ae6 Cf7+/= [53...Txd3 54.Ta7 Cf7 55.Ta8+ Re7 56.Ta7+ Rf8 57.Ta8+ Re7 58.Ta7+ Rf8=] 54.Tg8+ Re7 55.Axf7 Txf7 56.Ta8 Txd3 57.Ta7+ Rf8 58.Ta8+ Re7 59.Ta7+ Rf8 60.Ta8+ e entre mortos e feridos salvaram-se todos! 1/2-1/2