domingo, 30 de janeiro de 2011

MINHAS PARTIDAS SELETAS (10)

Natal -RN - A Cidade do Sol
Visão aérea do paraíso onde moro
 
Pinto,Carlos - Silveira,Neri [D26]

I Aberto Xadrez Potiguar Natal (4), 28.05.2006

[Pinto,C]

MF Carlos Pinto contra Neri Silveira

Lembrando o momento da competição chegava finalmente a mesa - 01 para confrontar-me com o líder e o rankiado número um do torneio - Neri Silveira, bi-campeão potiguar de 2004 e 2005. Confesso que contra Neri sempre faço uma preparação para a partida, diferente do costume geral, por jogamos sempre semanalmente lá no Clube de Xadrez de Natal, conhecemos o repertório de abertura, um do outro, em vez que sabemos em detalhes as fraquezas e os pontos fortes de cada um. Como Neri tem um forte repertório contra 1.e4 e principalmente por eu não estar preparado para jogar algumas linhas derivadas da Defesa Moderna e Philidor, as favoritas do meu adversário, fiz uma opção pouco frequente no meu repertório por 1.d4, na esperança de jogar contra a Defesa Índia do Rei em que o mesmo é um profundo conhecedor. 1.d4 d5!? surpresa! Neri não é chegado ao jogo fechado. 2.c4 então nada melhor que um Gambito da Dama. 2...dxc4 um Gambito da Dama Aceito poderá dar linhas mais agudas, como gosta o meu adversário. 3.e3 Cf6 4.Axc4 e6 5.Cf3 Ae7 saindo das linhas mais usadas como: [podem tentar o lance teórico de liberação 5...c5 6.0-0 a6 A) 7.De2 b5 8.Ab3 (8.Ad3 cxd4 9.exd4 Ab7 10.a4 bxa4 11.Txa4 Ae7 12.Cc3 0-0 13.Td1 a5 14.Ag5 Cc6 15.Axf6 Axf6 16.d5 exd5 17.Cxd5 g6 18.Tf4 Ag7 19.Ac4 Rh8 20.h4 h6 21.Te4 a4 22.h5 g5 23.g4 a3 24.bxa3 Txa3 25.Ce3 Da8 26.Ad5 Cd8 27.Axb7 Dxb7 1/2-1/2 Donner,J-van den Berg,G/Beverwijk 1966/Inf 01 (27)) 8...Ab7 9.a4 Cbd7 10.axb5 axb5 11.Txa8 Dxa8 12.Cc3 b4 13.Cb5 Db8 14.e4 cxd4 15.Cfxd4 Cc5 16.e5 Cfd7 17.Af4 Ae7 18.Ac2 0-0 19.Te1 Td8 20.Dg4 Cf8 21.h4 Cg6 22.Ag3 Td5 23.Te3 Cxe5 24.Dh5 f5 25.Cxe6 g6 26.De2 Aa6 27.Cxc5 Dxb5 28.Cxa6 1-0 Uhlmann,W-Gheorghiu,F/Hastings 1965/Inf 01 (28); B) 7.a4 Cc6 8.De2 cxd4 9.Td1 Ae7 10.exd4 0-0 11.Cc3 Ad7 (11...Cd5 12.Ad3 Ccb4 13.Ab1 b6 14.Ce5 Ab7 15.Ta3 Tc8 16.a5 b5 17.Ce4 f5 18.Cc5 Axc5 19.dxc5 Txc5 20.Tg3 Tc7 21.Ag5 Dc8 22.Dh5 De8 23.Dh4 Cc6 24.Cf3 Cb8 25.Th3 Cf6 26.Axf6 gxf6 27.Tg3+ Rh8 28.Te1 Axf3 29.gxf3 Dc8 30.Dh6 Tff7 31.Aa2 Tce7 32.De3 Dc7 33.Axe6 Tg7 34.Dd4 Cd7 35.Rg2 f4 36.Txg7 Rxg7 37.Te4 Cc5 38.Txf4 Txe6 39.Tg4+ Rh8 0-1 Gligoric,S-Portisch,L/Pula 1971/Inf 12 (39)) 12.Af4 Cb4 13.Ce5 Ac6 14.Cxc6 bxc6 15.a5 Cfd5 16.Ae5 Te8 17.Ab3 Af8 18.Tdc1 Te7 19.Ce4 Tb7 20.Ac4 Gligoric,S-Miagmasuren,L/Sousse (izt) 1967/Inf 04/1-0 (32)] 6.Cc3 a6 7.e4 uma resposta pouco frequente que leva a igualdade facilmente. [poderia ser uma das linhas jogadas 7.0-0 b5 8.Ad3 b4 9.Ce4 Cfd7=] 7...c5 no Gambito da Dama é temático o lance liberador das pretas ...c5 ou fazê-lo preparando por ...e5, em ambas as opções o correto jogo das brancas lhe dará uma melhor posição quase sempre. 8.e5 é engraçado como eu gosto de avançar na primeira oportunidade o peão em e5, quando estou de brancas, somente vendo no meu repertório de aberturas a freqüência com que o faço. Aqui as brancas ganham espaço com ganho de tempo, além de desalojar o importante cavalo de f6 da proteção do pequeno roque. 8...Cfd7[] único lance plausível para manter a igualdade. Outros como: [8...Cg4 9.d5 b5 10.Ae2 exd5 11.Dxd5 Dxd5 12.Cxd5+/- com clara vantagem das brancas.; 8...Cd5 9.Axd5 exd5 10.dxc5 Ae6 11.Ae3+/- com clara vantagem das brancas.] 9.d5 [tem o mesmo valor 9.dxc5 0-0 (9...Dc7; 9...Axc5; 9...Cc6) ] 9...exd5 [9...Cb6 10.d6 A) 10...Af8 11.De2 (11.Ae2 f6 12.Ae3 fxe5 13.Axc5+-) 11...f6 12.Ce4 Cxc4 13.Dxc4 fxe5+-; B) 10...Axd6 11.exd6 Cxc4 12.Da4+ b5 13.Cxb5 axb5 14.Dxa8 Dxd6+/-; C) 10...Cc6 11.Ab3 Af8 12.Ae3 Cd7 13.Af4 Ca5 14.Ac2 Db6 15.b3 Db4 16.Dd2+-; D) 10...Cxc4 11.Da4+ b5 12.Cxb5 0-0 13.Cc7 Cxe5 14.dxe7 Dxc7 15.exf8D+ Rxf8+/-] 10.Cxd5 0-0 11.0-0 Cc6 12.Te1 [outra opção seria 12.Af4 Cb6 (12...b5 13.Cxe7+ Dxe7 14.Ad5 Ab7 15.Ag5 De8 16.Te1+/=) 13.Cxb6 Dxb6 14.Dc2 Ae6 15.b3=] 12...Cb6 13.Cxe7+ Cxe7 [13...Dxe7 14.Ag5 Dc7 15.Ab3 h6 16.Ae3 Td8 17.Dc2 Cd5 18.Axc5 Ccb4 19.Dc4 b6 20.Ad6+-] 14.Ad3 [>=14.Ae2+/=] 14...Af5 15.Ag5?! este lance faz com que seja forçada a troca do par de bispos brancos do tabuleiro e seja igualada a posição no jogo. [melhor seria >=15.Axf5 Cxf5 16.Dc2 Cd4 17.Cxd4 cxd4+/= mantendo minha pequena vantagem.] 15...Axd3 16.Axe7[] Dxe7 17.Dxd3 Tfd8 18.Df5 este lance pode não ser o melhor, mas é o que busca complicar o jogo. [18.Db3!? Cd5 19.Tad1 Cb4 20.a3 Cc6 saltando de maneira estratégica o cavalo se recoloca em melhor posição, saindo de Cb6-d5-b4-c6. Com posição totalmente igualada.] 18...Td5 19.Tad1! tenho que lutar pela coluna "d", único lance estratégico capaz de manter a igualdade. 19...Tad8 20.Txd5 Txd5 as pretas conseguiram o domínio da coluna após as trocas em d5, mas a posição do cavalo preto em b6 é duvidosa e o posicionamento das minhas peças permitem uma pouco clara investida ao ataque ao roque preto o que talvez compensa dinamicamente a perda deste elemento estratégico -"coluna". 21.De4 [21.Cg5 g6 22.Df6 Dxf6 23.exf6 Rf8 24.h4 h6 25.Ce4= com igualdade.] 21...h6! um lance profilático, dando escape ao rei e assegurando o domínio a casa g5, que poderia ser ocupada pelo cavalo branco. 22.g3

Este lance tem duas funções: 1) Dar um escape ao rei por g2 e 2) Servir de apoio ao cavalo em h4, a fim de colocá-lo em f5 e também preparar o avanço do peão f2-f4 com uma postura de ataque no jogo. 22...De6! este lance é o mais dinâmico para as pretas, permite a mobilidade das peças pretas Cb6 e Td5 para reagrupamento e bloqueia qualquer tentativa momentânea do avanço do peão de e5. Neste momento as pretas talvez estejam um pouco melhor. 23.Ch4 continuo com o plano idealizado no lance 22.g3. 23...Td2 torre na sétima é sempre bom. Preciso tomar serias providências para não ficar claramente inferior. 24.Dxb7?! [>=24.b3 Txa2 25.Td1 Cd7 26.Cf3 Cf8 27.Dxb7<=> com contra jogo.] 24...Txb2 [24...g5!? deveria ser considerado 25.Cg2 Txb2 26.Dxa6 Txa2=/+] 25.Td1!+/=


Neste momento readquiro uma forte posição de ameaça ao rei preto e de ganhar o cavalo em b6 com Td6, tudo isso através do domínio da coluna "d". Este é o momento mais crítico do jogo, as pretas precisam achar lances ativos para não se perderem na passividade. 25...Dxe5?? finalmente Neri não consegue encontrar o lance salvador. O jogado perde de imediato. [>=25...Rh7[]= era muito melhor e único para igualar o jogo.] 26.Td8++- Rh7 27.Dxf7 De1+ 28.Rg2 e as pretas abandonam. Ao terminar a partida Neri disse que não viu que a tomada de dama em f7 no lance 27 defende f2 e conseqüentemente o mate ao rei branco. [28.Rg2 Txf2+ 29.Dxf2 Dxf2+ 30.Rxf2+-] 1-0