quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

MINHAS PARTIDAS SELETAS (8)

"A MÁQUINA MORTÍFERA"

Parrachos - são as piscinas naturais de água cristalina formadas pelos recifes
Praia de Perobas - Touros - RN
Pinto,Carlos - Andrade,Roberto [B40]

II Magistral RN - Touros
2004 (9), 29.08.2004
[Pinto,C]


MF Carlos Pinto
 
MF Roberto Andrade

Praia de Perobas - Touros - RN
Pousada Pólo das Águas










Esta partida foi jogada na bela praia de "Perobas", salão da "Pousada Polo das Águas" na cidade de Touros - RN. O torneio era o "II Magistral -RN" e novamente enfrento o MF Roberto Andrade usando com brancas o Ataque Ïndio do Rei, lembrando ainda o sucesso que tive contra o mesmo Andrade em uma partida passada, no torneio "Memorial Mônica Rohrer", em 2002, na praia de "Canoa Quebrada", Aracati-CE.


 1.e4 c5 2.Cf3 e6 3.d3 g6 4.Cbd2 Ag7 5.g3 Cc6 6.Ag2 Cge7 7.0-0 0-0 8.c3 Tb8 9.Te1

A configuração das brancas é a do Ataque Índio do Rei com o centro ainda não definido, mas com a disposição das peças tanto das brancas como das pretas denunciando antecipadamente seus planos:
1) as brancas planejando avançar com o peão em e5, após o inevitável d5 das pretas que não tardará, para fechar o centro e fazer um ataque modelo ao roque preto.
2) as pretas já efetuaram o pequeno roque e posicionaram a torre em b8 para apoiar o avanço dos seus peões na ala da dama. 9...d6 10.Cf1 começa o transporte das peças brancas, no sentido de atacarem o roque das pretas. 10...b5 11.d4 cxd4 [11...b4 12.Af4=] 12.cxd4 Db6+/= [12...f5 13.Ag5=] 13.Ae3= [13.d5 Cd8+/= (13...Ca5! 14.Ae3 Dc7 15.Tc1 Cc4 16.b3 Cxe3 17.Txc7 Cxd1 18.Txe7 Cc3=) ] 13...d5 14.e5 pronto uma parte do plano das brancas foi realizado - o fechamento do centro e o ganho de espaço com o avanço e5 14...Ad7+/= [14...Cf5 15.Dd2=] 15.g4 Tfc8 16.Ag5 Ae8 17.Dd2 [17.Af6 Af8+/=] 17...Tc7 18.Df4! as brancas posicionam sua dama da melhor forma, no apoio ao ataque.A coordenação das peças brancas pressionam o roque das pretas com força potencial de ataque decisivo a defesa do rei preto, lembra-me o título do filme "MÁQUINA MORTÍFERA" - estrelado por Mel Gibson. 18...Cb4 as pretas contra-atacam na ala da dama, pela coluna "c", auxiliadas pela torre e cavalo. os pontos d3-c2-a2 são simultaneamente atacados. [18...Tbc8 19.Tec1= esta opção de lutar pelo domínio da coluna "c", pode ser até uma boa orientação estratégica, mas não me seduz, porque tenho um ataque direto ao rei que pode me render mais dividendos.] 19.Ted1 apesar do domínio da coluna "c" pelas pretas, o único ponto a temer na posição das brancas é a ameaça do cavalo em d3, e com este lance a torre branca impede a penetração do cavalo de b4 a casa d3. 19...a5 o plano das pretas é muito lento e permitem as brancas criarem mais ameaças à segurança do rei preto. [19...Tc2 20.a3 Cbc6 21.Tab1+/- com ameaça de 22... Ce3, ganhando no mínimo a qualidade.] 20.h4 [20.a3 Cbc6+/=] 20...Da7 [20...Tbc8 21.Ce3+/=] 21.Ah6 tentando eliminar a peça mais importante da defesa das pretas. [21.Af6 Af8+/=] 21...Ah8 22.Ag5 [22.Cg3 Tc2=] 22...Rf8?+/- [>=22...Ag7!?= definitivamente deve ser considerada.] 23.a3 as brancas estão com forte ataque ao rei e tentam eliminar a única peça preta que ameaça o teritório das brancas. 23...Cc2 [23...Cbc6 24.Af6 Ag7 25.Tac1 b4 26.Cg5 Rg8 27.Axg7 Rxg7 28.Ce3 bxa3 29.bxa3 Tb3+/=] 24.Tac1 [24.Af6

24...Ag7 (24...Cxa1?? é um terrível erro 25.Dh6+ Rg8 26.Cg5 Axf6 27.exf6 Cf5 28.Dxh7+ Rf8 29.Dh8#) 25.Tac1 Tbc8+/-] 24...Tbc8 [24...Cg8 25.Ce1 Cxe1 26.Txc7 Dxc7 27.Txe1+/=] 25.Af6 Axf6??+-


Um erro fatal que dá as brancas a vantagem material decisiva, coroando a iniciativa pelo forte ataque ao rei que restringia a posição preta. A pressão exerce sobre a mente um temor que induz o adversário ao erro. [>=25...Ag7+/= a única jogada salvadora.] 26.exf6 [26.Dxf6?! Cg8 27.Df4 Rg7=] 26...Cg8 27.Dd6+ forçando as pretas a perderem o cavalo. Neste momento a situação das pretas é desesperadora. Para não dizer sem esperanças! 27...Ce7 28.fxe7+ Rg8 29.h5 b4 [29...Cxd4 A) 30.Txd4?! Txc1 31.hxg6 hxg6=; B) 30.Cxd4 Txc1 31.Cxb5 Db7+- (31...Axb5?? 32.Dd8+ Rg7 33.Txc1+-) ; C) 30.De5 h6 31.Dxd4 (31.Txd4 Txc1 32.Df6 e5 33.Txd5 T1c6 34.Dxe5 Te6+-; 31.Cxd4?! Txc1 32.Txc1 Txc1+-) 31...Dxd4 32.Txc7 (32.Cxd4?! Txc1 33.Txc1 Txc1+/=; 32.Txd4?! Txc1 33.hxg6 Rg7=) 32...Dxf2+ 33.Rxf2 Txc7 34.Cd4+-] 30.Df4 f5 [30...Txe7 31.Df6 gxh5 32.Cg3 (‹32.gxh5 h6+-) 32...Tec7 33.Cxh5 Rf8 34.Cg5 Aa4 35.Dg7+ Re8 36.Cf6+ Rd8 37.Df8+ Ae8 38.Dxe8#] 31.gxf5 Cxd4 [31...exf5 32.Ce5 Txe7+-] 32.Cxd4 Txc1 33.Txc1 Txc1 34.Dxc1 Dxd4 35.Dc8 apesar de ser já tarde, finalmente as pretas abandonaram. [35.Dc8 Rf7 36.Dxe6+ Rg7 37.f6+ Rh6 38.f7 Axf7 39.Dxf7+-] 1-0