terça-feira, 21 de agosto de 2012

O SACRIFÍCIO POSICIONAL DE QUALIDADE (III)

  O LEGADO DE  TIGRAN PETROSIAN
Tigran Petrosian é considerado o maior catedrático do sacrifício posicional de qualidade
Um sacrifício posicional de qualidade implica ceder material pela troca de vantagens posicionais à longo prazo, sendo feita a troca de uma torre por uma peça ligeira (bispo ou cavalo). Tais operações de câmbio não conduz a uma vitória simples da partida e geralmente acontece em partidas de alta complexidade estratégica. Há vários tipos de vantagens que se pode ter quando se realiza um sacrifício posicional de qualidade: - controlar uma casa chave / colunas ou diagonais, desarticular a coordenação de peças do adversário e de sua estrutura de peões, desenvolvimento rápido das peças, e assim por diante. Como você pode perceber, sacrifícios posicionais são arriscados. Se as vantagens adquiridas não compensam o material investido, seu plano irá falhar. Portanto, antes de sacrificar você tem que: 
 1. Fazer uma cuidadosa avaliação da posição, incluindo: a decisão de fazer - o sacrifício é realmente necessário, ou você tem outras opções, é tão significativo os seus benefícios? , qual será o seu plano após o sacrifício: Calcular variantes Quanto mais experiência e compreensão posicional você tiver, mais rápido este procedimento pode ser realizado. 
2. Verifique o seu estado psicológico . Qualquer sacrifício posicional envolve assumir riscos, e você deve ter certeza que não tem medo disso. Se você não se sente confiante o suficiente, é melhor evitar o sacrifício. Caso contrário, mesmo um sacrifício correto pode levar a uma derrota. Além disso, você deve estar preparado para as possíveis alterações no decorrer do jogo. Por exemplo, se anteriormente o padrão era calmo, depois do sacrifício as coisas podem se tornar complicadas, e você vai ter que jogar de forma muito precisa e consistente, sem cometer um único erro. No entanto, em algumas posições o padrão do jogo permanece o mesmo, embora um sacrifício tenha sido feito. 
Veja abaixo a palestra do GM Oscar de la Riva em espanhol sobre o tema