quinta-feira, 30 de setembro de 2010

XADREZ E INTELIGÊNCIA EMOCIONAL



 IVANCHUK
Quando só esforço não foi suficiente.  
                                                                                               IVANCHUK é um dos grandes casos que ilustram a importância do controle emocional para se ter êxito e conquistar os objetivos traçados estrategicamente, para se chegar ao “Olimpo enxadrístico”, isto é – ser campeão mundial. É notório o grandioso talento do grande mestre ucraniano que têm um temperamento instável .Durante anos foi apontado como futuro campeão mundial, mas que seus nervos o impediram de chegar ao topo. 

PONOMARIOV
Campeão Mundial aos 18 anos
 
 




Um jovem,PONOMARIOV mais estável conquistou isto em um match breve para o título mundial, embora tenha ficado claro, que Ivanchuk era um jogador tecnicamente  melhor. Recentes artigos científicos,analisam a importância da preparação psicológica. Com a facilidade de difusão do conhecimento da técnica do xadrez por diversos meios, faz com que a excelência na técnica de jogar xadrez dos grandes mestres esteja em equilíbrio. Isto faz do fator psicológico a questão diferencial, a ponto de se dizer: --- o campeão será aquele que melhor controlar suas emoções. Se antes o sucesso no xadrez dependia de 50% do trabalho psicológico, hoje,no desenvolvimento humano do jogador, é considerado 60%.